domingo, 21 de maio de 2017

RAUL SEIXAS E AS CARTAS DO TAROT

As 22 cartas ou lâminas, chamadas na Itália de Tarocchi ou Trionfi, e na França, de Triomphes ou Aatouts, são hoje denominadas Arcanos Maiores nos manuais de Tarô. Mesmo nas publicações em que aparecem numeradas, as cartas não têm uma sequência facilmente compreensível, como acontece com os 56 Arcanos Menores.

CURIOSIDADE SOBRE A OBRA MUSICAL DE RAUL SEIXAS

     Podemos encontrar em meio ao repertório musical de Raul Seixas, uma música equivalente para cada uma das 22 cartas dos Arcanos Maiores, as quais representam as diretrizes divinas no Tarot.
      Dentro desse universo simbólico, infinitas associações podem ser feitas, evidenciando assim, o quão relevante e completa é a obra musical do Maluco Beleza.

     Na relação abaixo, as 22 cartas (coincidentemente, a obra musical de Raul Seixas foi publicada ao longo de 22 anos), seguidas da música análoga e de um trecho associativo.

       CARTA                            MÚSICA

0 – O LOUCO              Quando acabar o maluco sou eu
“Eu sou louco, mas sou feliz...”

1 – O MAGO                 As minas do rei Salomão
“Traga sua bola de cristal...”

2 – A SACERDOTISA     Nuit
“Eu ando de passo leve para não acordar o dia...”

3 – A IMPERATRIZ        Água viva
“Eu conheço bem a fonte...”

4 – O IMPERADOR        Loteria da Babilônia
“Você tem as respostas das perguntas...”

5 – O HIEROFANTE       Pastor João e a igreja invisível
“O meu cajado vai lhe purificar...”

6 – OS AMANTES         Tu és o MDC da minha vida
“Tu és o grande amor da minha vida...”

7 – O CARRO               A verdade sobre a nostalgia
“Na curva do futuro muito carro capotou...”

8 – A JUSTIÇA             Novo Aeon
“Até as mulheres dita escravas já não querem servir mais...”

9 – O EREMITA            Metamorfose Ambulante
“Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante...”

10 – A RODA               O trem das sete
“Vem trazendo de longe as cinzas do velho Aeon...”

11 – A FORÇA              Sociedade Alternativa
“A lei do forte, essa é a nossa lei...”

12 – O ENFORCADO      As profecias
“Um gosto azedo na boca, a moça que sonha, a louca...”

13 – A MORTE             Canto para minha morte
“Morte que talvez seja o segredo desta vida

14 – A ARTE                Maluco Beleza
“Controlando minha ‘maluquez’, misturada com minha lucidez...”

15 – O DIABO              Rock do Diabo
“Existem dois Diabos, só que um parou na pista...”

16 – A TORRE              De cabeça pra baixo
“Na cidade de cabeça pra baixo...”

17 – A ESTRELA           Muita estrela e pouca constelação
“Porque é muita estrela e pouca constelação....”

18 – A LUA              As aventuras de Raul Seixas na cidade de Thor
“Eles só vão entender o que falei no esperado dia do eclipse...”

19 – O SOL                 Que luz é essa?
“Que luz é essa que vem vindo lá do céu?”

20 – JUÍZO FINAL         Eu nasci há dez mil anos atrás
“Eu vi as bruxas pegando fogo, pra pagarem seus pecados...”

21 – O UNIVERSO         Gita
“Eu sou o Início, o Fim e o Meio...”



Fonte: Raul Seixas – Uma antologia


Um comentário: